yoga

Hatha & Bakthi

 

Em sânscrito a palavra Yoga significa unir, juntar, anexar, casar, dirigir e concentrar a atenção para usar e aplicar. Assim o processo do Yoga junto à imaginação ativa ocorre através da profunda concentração da imaginação. Com a prática do Yoga é retomada a relação com a terra e com o corpo, resgatando uma conexão entre o que está acima e o que está abaixo relacionando o inconsciente com o intelectual e o espiritual, conforme C.G. Jung, trabalhar no nível mais profundo do inconsciente somático, para trazer o corpo sutil à consciência.

Resgatar a relação com o corpo, construindo uma nova estrutura com raízes na terra e no mundo, flexibilizando o corpo, desenvolvendo o sistema nervoso central que faz a ligação com a realidade, valorizando a expressão individual mesmo que seja diferente da norma geral, incentivando a coragem de ser “si mesmo”.

A relação corpo e mente apresenta um paradoxo central que nos leva as profundezas da nossa própria vida criativa, a percepção de como é estar dentro do corpo de modo consciente fundamentando a prática analítica na consciência corporal.

O corpo como recipiente da transformação, a psique e o corpo como dois aspectos diferentes do todo que se complementam, potencializando a natureza individual expandindo potências latentes.

 “Você pode ser qualquer coisa, mas precisa ficar no seu corpo” 

Nietzche

Em nossa cultura o corpo tem importância secundária em relação à mente, ele não segue o progresso da mente, mas tem sua própria memória, a transformação simultânea do corpo e da mente só é possível se trabalharmos os dois ao mesmo tempo, isto é Yoga.